Blog Julio O. Amado

O Espaço Guiomar Novaes deu início hoje  à temporada 2016 da série Recitais de Guiomar. A estreia contou com a apresentação de violinistas do Conservatório de Música de Sidney, na Austrália. A orientação ficou por conta do norueguês Ole Bohn.  Esta é a terceira vez que o violinista e professor Ole Bohn viaja para o Brasil com seus alunos e a primeira vez que se apresentam no Rio de Janeiro.

O Conservatório de Música de Sidney é a principal instituição de educação musical da Austrália, o Conservatório foi fundado em 1915 e oferece cursos de Bacharelado e Mestrado em Música e Doutorado em Artes Musicais para educadores, instrumentistas, musicólogos, regentes, compositores e cantores.

 

 


O Espaço Guiomar Novaes é localizado  no prédio anexo à Sala Cecília Meireles.

Endereço

Largo da Lapa, 47
Centro
Rio de Janeiro

administração: 10h – 18h
(+55) 21 2332-9223
(+55) 21 2332-9224
contato@amigosdasala.com.br

 

 

 

Todo natal somos embalados por tradicionais cantos natalinos. São músicas que em geral falam de união, fraternidade, paz de espirito. Confira a seleção com algumas das melhores músicas do repertório clássico, já compostas para o período. (Na foto, Ballet de Moscow)

 

LIZT: SUÍTE  ÁRVORE DE NATAL  S186 

Franz Lizt, célebre compositor e pianista húngaro, famoso por suas composições de difícil execução e particular  carisma sonoro, compôs uma bela suíte para piano dedicada ao momento natalino. Trata-se da suíte para piano Árvore de Natal, onde Lizt trabalhou com cânticos tradicionais de natal. Confira a peça tocada pelo pianista húngaro Balázs Fülei.

BENJAMIN BRITTEN: CEREMONY OF CAROLS Op. 28

Britten compôs dois conjuntos de canções, e esta segunda que veremos é a mais popular.   A peça foi escrita em 1942, enquanto Britten estava no mar, indo dos Estados Unidos para a Inglaterra.

FRANCIS POULENC: QUAM VIDISTIS PASTORES?

O compositor Francês Francis Poulenc (1899-1963) compôs quatro motetos para o Natal. O moteto era uma das formas polifônicas de maior destaque na música renascentista. Sua música sacra tem um tom especial, com uma intensidade ciente da fragilidade humana.

TCHAIKOVSKY: VALSA DAS FLORES DO QUEBRA NOZES

A valsa das Flores é o  mais famoso  trecho de uma das mais populares valsas de todos os tempos, O Quebra Nozes de Piotr Ilytch  Tchaikovsky. O  ballet vem encantado gerações desde sua estreia em 18 de dezembro de 1892 . No vídeo a Valsa das Flores é interpretada pelo The Royal Ballet.

J. S. BACH: ORATÓRIO DE NATAL BWV 248

Por fim, o esplêndido Oratório de Natal composto por J. S. Bach.  Esta música de Bach, baseada na história do natal , foi composta em  1734.  A versão apresentada conta com a regência de Nikolaus Harnoncourt.

 

 

O maestro Roberto Minczuk não é mais regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira.  Sem nota oficial e manifestações nas redes sociais, o maestro assume o posto recém-criado de Maestro Emérito, deixando vago a função de titular de um dos mais tradicionais conjuntos sinfônicos do país.

Com a saída de Minczuk, dois nomes têm sido considerados: o maestro John Neschling, atual diretor do Teatro Municipal de São Paulo e Marcelo Lehninger, que vem se destacando em carreira nos Estados Unidos.

Roberto Minczuk tem uma trajetória de dez anos a frente da OSB, com algumas polêmicas, como a exigência de que músicos passassem por novas audições.  A medida criou uma desarticulação do conjunto devido a recusa de um grupo em se submeter a audição; a reunificação deu-se no ano passado com a condição de alguns artistas de não tocar sob a regência do maestro.