Blog Julio O. Amado
Julio Oliveira Amado Jorge Coutinho SATED RJ PMDB AFRO RJ CULTURA

O presidente do SATED/RJ, Jorge Coutinho, reuniu-se com membros do Coletivo Afro RJ do PMDB/RJ para propor uma cineclube a ser realizado na sede do PMDB/RJ.

Na programação:  “Noitada de Samba” direção de Cely Leal ; “Alô Comunidade! Alô Rainha da Bateria!” minha direção; “Cascalho” direção de Tuna Espinheira; “O Assalto ao Trem Pagador” direção de Roberto Farias; “Chuvas de Verão” direção de Cacá Diegues; “Rainha Diaba” direção de Antonio Carlos Fontoura”; e na Abertura da Mostra “Crioulo Doido”.

A ideia de Coutinho é de realizar o projeto no Estado do RJ e posteriormente em todo o Brasil.

Jorge Coutinho é  membro do Núcleo Cultural do PMDB/RJ, juntamente com Milton Gonçalves entre outros, e membro fundador do MDB.

A data e horário serão anunciados em breve!

Na foto:  (esq.) Jorge Coutinho, Berenice de Aguiar, Daniel Guimarães, Anderson Nunes, Valmir de Almeida, Julio O. Amado, Fernando Fernandes

A partir de hoje (3) até o dia 20 de novembro os brasileiros terão a oportunidade de apreciarem a 9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos do Hemisfério Sul, que acontece nas 25 capitais brasileiras e distrito federal, levando ao público mais de 40 produções.

Os filmes desta edição estão divididos entre as mostras Competitiva, Memória e Verdade, Sessão Inventar com a Diferença e a Mostra Homenagem Lúcia Murat.

A abertura da mostra será hoje às 19hs, no Cine Brasília, na capital federal.  A programação de abertura inclui a exibição do filme “Que Bom Te Ver Viva” da cineasta carioca Lúcia Murat, que será homenageada nesta edição da Mostra.  O filme de Murat, que esteve envolvida com os movimentos políticos de resistência ao golpe, que acabou culminando com sua prisão em 1971, aborda a tortura durante o período de ditadura no Brasil, mostrando como suas vítimas sobreviveram e como encararam aqueles anos de violência duas décadas depois.

Dentre os temas abordados estão:  Direito das pessoas com deficiência, população LGBT/enfrentamento da homofobia, memória e verdade, crianças e adolescentes, pessoas idosas, população negra, população em situação de rua, mulheres, democracia e Direitos Humanos, Direitos Humanos e segurança pública, proteção aos defensores de Direitos Humanos e combate à tortura.

 

Mostra Cinema e Direitos Humanos convoca espaços de exibição para Projeto Democratizando

Instituições interessadas em exibir os filmes da 9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos no período entre 8 de janeiro e 31 de março de 2015 podem se inscrever no Projeto Democratizando até o próximo dia 15 de novembro.

Podem participar da seleção cineclubes, pontos de cultura, institutos federais de educação profissional, científica e tecnológica, universidades, museus, bibliotecas, sindicatos, associações de bairros, telecentros, unidades do Sistema S e outras instituições que disponham de espaço de exibição de filmes com projeção a partir de aparelho de DVD.

As inscrições devem ser realizadas pelo site da mostra, acesse aqui o endereço. Serão selecionadas até mil instituições, que receberão um kit contendo três DVDs com filmes da Mostra, além de material promocional do evento. Cada espaço deve realizar no mínimo três sessões, todas com entrada franca, sendo pelo menos uma com audiodescrição e, se possível, com tradução em Libras.

O evento é uma realização da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em parceria com o Ministério da Cultura (MinC) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), com o apoio daEmpresa Brasil de Comunicação (EBC) e da Fundação Euclides da Cunha, além de patrocínio da Petrobras e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).