O sociólogo Juca Ferreira assumiu hoje sua segunda gestão frente ao Ministério da Cultura (Minc). Ferreira recebeu o cargo da então ministra interina, Ana Cristina Wanzeler, em solenidade realizada nesta manhã, no Teatro Funarte Plínio Marcos, em Brasília. Na cerimônia, que contou com a forte presença de setores da cultura e artes da sociedade brasileira, o ministro se comprometeu em trabalhar com amplo diálogo e participação social, aprimorar o sistema de financiamento da cultura, modernizar a legislação de direitos autorais, buscar a aprovação da PEC da Cultura, reforçar parcerias culturais com outros países, criar uma política nacional para as artes e ampliar o acesso aos bens culturais via ambiente digital.

A reativação do Conselho Nacional de Políticas Culturais e as Conferências de Cultura serão, segundo ele, o mecanismo de participação social em sua gestão, além de uma implantação de mecanismos contemporâneos de construção e deliberação online, como por exemplo o uso do Gabinete Digital, que terá os objetivos de dar “transparência absoluta” às atividades do MinC e de ser uma interface de cogestão, aberta e colaborativa, com os cidadãos.