Hoje, 20 de novembro, comemora-se o Dia da Consciência Negra.  Esta data é muito importante pois trata-se de um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos foram essenciais para a formação artística, política, social, gastronômica e religiosa de nosso país.

Convido ao querido leitor deste blog a passear pela história com dois documentários. O primeiro A Rota do Escravo – A Alma da Resistência, produzido pela UNESCO, trata da história do comércio de seres humanos negros e é contada através de narradores que simulam vozes de escravizados, e também dos mestres e comerciantes destes escravos. O segundo Quilombos – Luta e Resistência é uma produção da EBC e trata da situação atual dos quilombolas no Brasil, e seus desafios.

A Rota do Escravo – A Alma da Resistência

 

Quilombos – Luta e Resistência

 

Revista USP
Arte Moderna e o Impuso Criados da Arte Africana ( Elza Ajzenberg e Kabengele Munanga)

Os Quilombolas e o Direito à Terra ( Julio Oliveira Amado )