O Museu do Ingá irá inaugurar amanhã, 8 de março, no Dia Internacional das Mulheres, a exposição O Feminino no Ingá. Durante um mês, o público vai poder ver uma representação do universo feminino nas artes.  Reuniram-se diversas obras do acervo do museu: São pinturas, cerâmicas, rendas e instrumentos de bordadeiras, unindo a mulher, simplesmente retratada, ao resultado artístico de fazeres tipicamente femininos.

Muitas são as construções imagéticas acerca da mulher e do feminino nas artes plásticas. E é representada desde tempos mais remotos, como nos ídolos femininos de fertilidade dos períodos paleolítico e neolítico. Estas visões do feminino foram e são influenciadas pelas experiências e expectativas dos artistas em suas diferentes épocas. E, em sua maior parte foram elaboradas por homens. Poucas foram as mulheres que tiveram seus nomes lembrados na história.

Ao convidar o público para esta jornada acerca do feminino, o Museu do Ingá aponta que, embora perguntas sobre os desejos femininos tenham encontrado várias respostas no século passado, os dilemas no campo das artes – que tiveram Anita Malfati, Djanira e Trasila do Amaral como boas desbravadoras e bem-sucedidas em conseguir posição e respeito- perduram.


Museu do Ingá

Endereço: R. Pres. Pedreira, 78 – Ingá, Niterói – RJ, 24210-470