Estiveram reunidos na última semana, em Brasília,  representantes da sociedade civil e do Ministério da Cultura, para retornarem as discussões sobre a Cultura Digital com o objetivo de debaterem o papel do Estado no ambiente digital e identificar pontos da agenda política do Minc.

Os movimentos sociais apresentaram temas que foram amplamente discutidos, como por exemplo a necessidade de incentivos a rádios e softwares livres; o uso de redes sociais federadas; a regulação de direitos autorais no ambiente digital; a defesa de uma internet livre e democrática; a luta contra a censura e imposições de grandes conglomerados; e a construção da memória da era digital.

Durante seu discurso o ministro Juca Ferreira afirmou que o Brasil precisa estabelecer normas internas, mas também “voltar a atuar no plano internacional para ajudar em uma regulação da internet livre e democrática”, afirmou. “Precisamos definir processos e regras, e o ministério tem que retomar o seu protagonismo nessa discussão”, completou.

Os assuntos tratados durante a reunião serão discutidos em novos encontros com participação do público e podem ser debatidos na plataforma http://culturadigital.br/participa/