O maestro austriaco, Nikolaus Harnoncourt, pioneiro na gravação de música antiga, anunciou no último final de semana sua aposentadoria, na mesma data de seu 86° aniversário

 

Nikolaus Harnoncourt nasceu em 1926, em Berlim. Mas foi na Áustria que cresceu e começou sua carreira como violoncelista. Depois de fundar o Concentus Musicus Wien com sua esposa, Alice, mergulhou no trabalho com instrumentos de época, do Renascimento e Barroco. Na década de 1950 tornou-se um pioneiro do movimento Música Antiga. Durante sua longa carreira, liderou um ciclo famoso das óperas de Monteverdi; mateve relações duradouras com a Orquestra do Concertgebouw de Amesterdão, a Orquestra de Câmara da Europa, e de Viena e Filarmónicas de Berlim; e trabalhos com uma grande variedade de repertório – inclusive, com a sua aclamada versão de “Porgy and Bess”, de Gershwin.  Em 1971, Harnoncourt iniciou um projeto em parceria com o maestro Gustav Leonhardt para gravar todas as cantatas de Bach.   Em 2001, uma gravação da Paixão segundo São Mateus, de Bach, foi publicada com amplo reconhecimento da crítica especializada e premiada com um Grammy Award.

Um trecho da carta de Harnoncourt, diz: “Caro público, a minha força física me obriga a cancelar meus planos futuros. Grandes ideias surgiram, e uma relação incrivelmente profunda se desenvolveu entre nós no palco e vocês na plateia – nós nos tornamos uma comunidade feliz de descobridores! A atual temporada ainda está na vanguarda da minha mente; permaneçam fiéis a ela! Seu, Nikolaus Harnoncourt. ‘

CARTA HARNANCOOURT PNG

Manuscrito de Nikolaus Harnoncourt, em alemão.