O Cineclube Milton Gonçalves, evento realizada na primeira segunda-feira de cada mês na sede do PMDB RJ, apresenta hoje o documentário, Noitada de Samba – Foco de Residencia, da cineasta Cély Leal.

O filme, com direção e roteiro de Cely Leal, teve lançamento na Mostra Competitiva do Festival do Rio, tendo alcançado êxito em vários festivais, a exemplo da Premiere Brazil / New Iork 2011 onde foi exibido no MoMA; In-Edit Festival Internacional de Documentário Musical; IV Encontro de Cinema Negro Brasil, Africa e Caribe. Participou ainda da 15° Mostra Internacional do Filme Etnográfico e do Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano, em Havana/Cuba.

Noitada de Samba foi um movimento cultural realizado no Teatro Opinião, Rio de Janeiro, entre os anos de 1971 e 1983. Pela primeira vez eram trazidos à Zona Sul carioca, com regularidade, compositores e intérpretes oriundos dos morros e bairros populares a exemplo de Cartola, Ismael Silva, Antônio Candeia e tantos outros. Foi nesse espaço livre e democrático, que passou grandes nomes da música brasileira, como Adoniran Barbosa, Luiz Gonzaga, Lupicínio Rodrigues, Batatinha.