A cantora Alcione recebeu hoje, 19 de dezembro, a Medalha Luiz Gonzaga, a mais alta homenagem do Governo do Estado de São Paulo em reconhecimento a contribuição e ao legado da Nação Nordestina.

Alcione Dias Nazareth nasceu em São Luís do Maranhão no dia 21 de Novembro de 1962,   fez sua primeira apresentação já aos doze anos com a Orquestra Jazz Guarani, tendo o seu pai como regente. O pai, João Carlos Dias Nazareth, foi mestre da banda da Polícia Militar de São Luís e seu primeiro professor de música.

Já no Rio de Janeiro começou cantando na noite. Ensaiava no Little Club, boate situada no conhecido Beco das Garrafas, reduto histórico do nascimento da bossa nova, em Copacabana.   Destacou-se ao vencer as duas primeiras eliminatórias do programa ‘’A Grande Chance’’, de Flávio Cavalcanti. Nessa mesma época, assinou o primeiro contrato profissional com a TV Excelsior, apresentando-se no programa ‘’Sendas do Sucesso’’. Depois de seis meses na emissora, realizou turnê por quarto meses pela América Latina, seguindo para europa.

Voltou ao Brasil em 1972 e três anos depois ganhou o primeiro disco de ouro através do primeiro LP, A voz do samba (1975). “Não Deixe O Samba Morrer” quando começou a ser executada nas radios do país, permaneceu 22 semanas em primeiro lugar nas paradas de sucesso.

Alcione – Não Deixe o Samba Morrer – Globo de Ouro 1976